Whatsapp

O impacto do Coronavírus na sua marca: 5 dicas para não prejudicá-la

17 de março de 2020

 

A pandemia do Coronavírus (Covid-19) é o assunto mais comentado no mundo inteiro. Diante da situação há uma série de preocupações que vieram à tona como o medo, a ameaça à vida e à saúde das pessoas e claro, o impacto no comércio.

Não importa se você tem uma loja física, trabalha com um e-commerce, representa uma grande marca ou se as suas vendas foram afetadas em maior, ou menor escala, esse momento exige algo que, no marketing digital, chamamos de posicionamento de marca.

Você já parou para pensar em qual é a forma mais adequada para conversar com seus clientes e parceiros sobre o assunto?

A Booom Criative sim. Por isso, trouxemos esse post com 5 dicas que vão ajudar a sua marca se posicionar da melhor forma possível em tempos de crise. Confira!

1. Produza conteúdo relevante

Trabalhar com informação de qualidade e conteúdo que agrega valor à vida das pessoas nunca é demais. Não é à toa que alguns estudiosos definem o marketing de conteúdo como uma moeda de troca do século XXI.

Em uma situação de alerta (tal como a do coronavírus) de que forma a sua marca pode e deve se posicionar diante dos consumidores?

Responder essa pergunta não é algo tão simples e nem tão óbvio quanto parece. Porém, a reflexão é muito necessária.

Pare e pense nos segmentos que envolvem serviços como transporte, alimentação e atendimento ao público.

Concorda que além de propagar a conscientização, é importante que as empresas tenham medidas para continuar atendendo os consumidores da melhor forma possível? 

Preparamos um checklist que pode te ajudar. Confira:

  • Reflita sobre a responsabilidade social do seu negócio em relação às pessoas;
  • Entenda o impacto que o seu negócio pode trazer aos consumidores diante da pandemia;
  • Seja transparente e informe para as pessoas quais são as medidas preventivas que sua empresa está adotando;
  • Produza conteúdo informativo e relevante de acordo com o seu público.

Para ficar mais claro, pense no seguinte exemplo: em países da Europa, alimentos e itens de higiene já estão em falta nas prateleiras dos supermercados. 

Essa realidade não condiz com a situação  atual do Brasil, porém, em meio ao sentimento de pânico e medo das pessoas, trabalhar com conteúdo informativo e esclarecer as medidas que sua empresa está adotando faz toda a diferença.

Dica Booom Criative

 Diante do isolamento social, as pessoas estão cada vez mais online. Ou seja, vale a pena aumentar o número de postagens e fortalecer a presença da sua marca nas redes sociais, seja nos stories ou no feed.

Imagine que as pessoas estão em casa sendo bombardeadas por várias informações que nem sempre são verdadeiras. 

Ao produzir conteúdo relevante, sua marca ajuda as pessoas e posteriormente, isso pode fazer com que elas lembrem da sua empresa de forma positiva.

 2. Seja empático e honesto com seu cliente

O cliente é o centro do seu negócio. Portanto, é indiscutível o fato de que ele merece total respeito e honestidade.

Se você vende produtos de higiene como álcool gel e máscara, por exemplo, definitivamente esse não é o momento de superfaturar com a venda do produto. 

Inclusive, vale lembrar que essa prática é considerada crime, conforme o artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor.

De que forma sua marca deseja ser lembrada na cabeça do consumidor? Pense nisso e tenha sensibilidade diante da situação do coronavírus.

3. Facilite a forma de pagamento e entrega dos seus produtos

Em uma época de isolamento social, facilitar a vida dos seus clientes é algo muito positivo. Você pode fazer isso de várias formas, com destaque para o pagamento 100% online e serviço de entrega gratuita.

Na dúvida em como fazer isso? Utilize ferramentas como: PayPal, boleto bancário, PicPay  e ofereça a possibilidade de pagamento via cartão de crédito ou transferência online.

Essa prática já é comum entre restaurantes, mercados e farmácias que possuem parcerias com aplicativos de delivery e/ou entrega expressa.

Acredite: ao adotar essa estratégia para o seu negócio você não só facilita a vida as pessoas que conseguem  sair de casa, como também demonstra a preocupação com um atendimento humanizado em tempos de coronavírus.

4. Opte por reuniões online

Use a tecnologia a favor da sua empresa na hora de marcar reuniões com os clientes.  Além do WhatsApp Business, vale utilizar soluções como Skype, Google Meet e outros aplicativos de videoconferência.

Decidiu adotar o  home office para seus colaboradores? Saiba que o Google  liberou todos os recursos premium do Hangouts Meet até o dia 1º de julho. 

Entre as funcionalidades disponíveis na ferramenta, há duas que se destacam:  possibilidade de fazer reunião para 250 pessoas e  transmissão ao vivo para até 100 mil espectadores em um mesmo domínio.

5. Seja solidário

O momento pede empatia, união de forças e ações que beneficiem o coletivo. 

Precisando de inspiração? Veja o exemplo de algumas marcas que se manifestaram de forma bastante positiva. A NET e a VIVO TV, por exemplo, decidiram liberar seus canais pagos.

A Uber anunciou a criação de um fundo de assistência financeira aos motoristas e entregadores parceiros diagnosticados com coronavírus. Outros aplicativos como 99 POP e iFood também já se posicionaram sobre o assunto.

Legal, não é mesmo?!

Agora resta descobrir como a sua empresa está preparada para ajudar os consumidores.

Precisa de ajuda? Clique aqui e converse com a equipe da Booom Criative!

  • Por Booom Criative

    Somos uma agência inquieta, que não se contenta com o básico. Gostamos de quebrar recordes, de alcançar objetivos mais altos, de não só atingir as metas, mas ultrapassá-las.

Vamos agendar uma reunião?

Nada melhor que apresentar nossas soluções para você.